Preparado para diminuir os erros da Administração Hospitalar?

Veja como um plano de negócios e sistemas inteligentes podem trazer melhorias para a  administração hospitalar

Ainda que as instituições de saúde façam parte de um segmento específico no mercado, para que exista eficácia na administração hospitalar, é muito importante a adoção de princípios de gestão de negócios.

A busca pela eficiência nos processos pode estar atrelada ao uso desses princípios. Afinal, estratégias de administração podem ajudar a gerenciar não só questões administrativas como, também, os funcionários.

Os hospitais, após notarem que se voltavam apenas para a prestação de serviço, começaram a se atentar para a questão de gerenciamento.

Preocupações em torno do assunto – que começaram a surgir nos anos 80 e 90, transformaram a maneira como as organizações de saúde estão se posicionando hoje.

O papel do administrador hospitalar

É de suma importância que o administrador hospitalar se posicione como gestor de uma organização de negócios.

Dentre suas atribuições, estão:

  • Planejar e coordenar o setor de Recursos Humanos, aplicando rotinas de trabalho, funções e, acima de tudo, estabelecer políticas de contratações que visem o bem estar do paciente;
  • Coordenar a parte administrativa e contábil junto dos profissionais dessa área, a fim de entender o planejamento orçamentário e prever as receitas e despesas dos departamentos;
  • Implantar controles do uso efetivo dos recursos físicos e financeiros da instituição;
  • Deve estar sempre atento ao desempenho dos funcionários e equipamentos.
Planejamento e Plano de negócios para Administração Hospitalar

Um dos principais erros em uma administração hospitalar é a falta de cuidado com a etapa do planejamento. E isso acontece bastante!

Muitos gestores acabam não se lembrando de elaborar um planejamento que contenha todas as especificações da organização. Acabam não considerando todo o contexto que possam estar envolvidos e isso não ajuda na hora das previsões de riscos.

Para visualizar oportunidades de futuro, e evitar riscos, é importante que haja dedicação na hora do preparo do planejamento.

É fundamental envolver todas as áreas do hospital, desde questões de logística até a parte de atendimento. O administrador hospitalar que souber definir esses pontos, facilmente irá encontrar dados importantes relacionados à instituição.

Quanto mais informação acerca da gestão, mais fáceis serão as definições de estratégias. As informações são muito importantes para a eficiência da administração hospitalar!

Conhecer à fundo a instituição traz melhoria não apenas para as questões estratégicas mas, principalmente, na satisfação dos pacientes.

O planejamento será muito útil na hora da tomada de decisões. Por isso, na hora em que for elaborado, é importante que haja destaque para diretrizes realistas – só assim pode ser eficaz!

Por fim, revisar o planejamento com uma certa frequência também é de suma relevância. Todas as instituições evoluem muito rápido, é necessário que as estratégias sejam alteradas na mesma medida.

Em relação ao plano de negócios, é um tipo de planejamento em que o objetivo principal é a avaliação de possíveis problemas e questões que não estão sendo bem resolvidas na instituição.

O plano de negócios deve ser elaborado após uma avaliação completa da instituição, em que se observa a eficiência em todos os âmbitos da administração hospitalar.

É aqui que o administrador hospitalar irá se posicionar em relação aos cuidados e metas do hospital e avaliar quais são as possibilidades a serem executadas.

O plano de negócios irá ajudar a minimizar riscos e erros e entender melhor quais devem ser as projeções futuras da organização.

Dar a devida atenção a esse modelo de planejamento irá ajudar a instituição de saúde a definir melhor os seus objetivos e se antecipar diante de possíveis problemas.

Diminuir erros e aumentar a inteligência da administração

Entendemos que com as estratégias de planejamento bem elaboradas, as instituições de saúde diminuem as margens de erros da administração.

Mas só isso não basta!

Na era digital é importante se atentar às soluções inteligentes!

E o que são elas?

Já existem hoje uma série de tecnologias inteligentes consideradas grandes aliadas da administração hospitalar. São tecnologias que conseguem extrair e cruzar dados a fim de obter informações de qualidade e importantes à gestão da organização de saúde.

A Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) é uma fonte que realiza o cruzamento e análise de resultados. Ainda de forma tímida, a instituição traz percentuais de hospitais privados.

E o que já existe atualmente é uma série de formulários que identificam variáveis importantes, relacionadas a desempenho, segurança e protocolos assistenciais.

Dessa maneira, com um acesso maior às informações necessárias, a administração hospitalar consegue resolver eventuais problemas relacionados ao cotidiano da instituição e, por fim, acaba obtendo bons resultados nas finanças.

 

Como funciona a administração na sua instituição? Vocês possuem um plano de negócios e fazem análise de dados?

Compartilhe a sua experiência conosco nos comentários e garanta aqui a sua vaga na SAHE 2018!

Comentários
feiras-de-negocios-em-saude