Acontece na SAHE at home – Frequência de limpeza e desinfecção dos hospitais aumentou em até 90% na pandemia

 Acontece na SAHE at home – Frequência de limpeza e desinfecção dos hospitais aumentou em até 90% na pandemia

Primeiro dia da SAHE at home traz masterclass presidido por Silvana Torres, diretora da ATE, sobre Limpeza e Desinfecção de Superfícies Ambientais

Hoje começa a semana da educação executiva da saúde com a SAHE – South America Health Education que, excepcionalmente esse ano, acontece de forma 100% online e passa a se chamar SAHE at home.

Um dos quatro masterclasses que deram início à programação foi o de Limpeza e Desinfecção de Superfícies Ambientais. A curadoria de conteúdo ficou a cargo do comitê científico presidido por Silvana Torres, especialista em Controle de Infecção Hospitalar e Diretora da ATE – Assessoria e Treinamento em Serviços de Saúde.

A primeira aula do masterclass teve o tema “Algo mudou na limpeza e desinfecção de superfícies ambientais com a pandemia de COVID-19?” e se iniciou com uma palestra de Silvana.

“Os ajustes que devem ser feitos envolvem a quantidade de pessoas trabalhando e sua capacitação, o aumento do número de EPIs e uma maior frequência de limpeza e desinfecção, que aumentou de frequência e duração em até 90%.”

Em seguida, Katia Raimundo, coordenadora de Operações do Hospital do Coração (HCor), e Paula Gaona, gestora de hotelaria hospitalar do Hospital Restinga Sul de Porto Alegre, participaram de um debate sobre o mesmo tema.

A segunda aula começou com uma explanação de Iramaia Rodrigues Nunes, gerente de hospedagem do Hospital Sírio Libanês, liderando as áreas de Higiene, Rouparia e Uniforme na Instituição; sobre o tema “Inovações tecnológicas para o serviço de limpeza e desinfecção de superfícies”.

A discussão foi expandida em um debate com a participação de Silvana Torres e Adenilde Andrade, enfermeira coordenadora da vigilância epidemiológica da Prefeitura do Município de São Paulo.

“A inovação acontece para nos desafiar, seja para melhorarmos o desempenho da equipe ou para ser mais eficiente na gestão financeira. Além de incentivar um melhor monitoramento de dados e um atendimento de excelência. A inovação e a tecnologia vêm para apoiar as tomadas de decisão e facilitar o trabalho operacional”, observa Iramaia.

O Masterclass de Limpeza e Desinfecção de Superfícies Ambientais terminou com a aula sobre “Práticas sustentáveis para o serviço de limpeza e desinfecção de superfícies”. A palestra fiou a cargo de Gizelma de Azevedo Simões Rodrigues, gerente de sustentabilidade ambiental do Hospital Sírio Libanês.

“Sustentabilidade é um assunto que surgiu em 2001 e, nesse período, fizemos bem pouco. Hoje, passando por tudo que nós passamos e vendo as consequências dos atos da humanidade, falar sobre a questão ambiental é mais fácil, porque ninguém mais tem duvidas dos impactos causados no mundo.”

Em seguida, Silvana Torres e Claudia Vallone, fundadora da Associação Paulista de Epidemiologia e Controle de Infecção Hospitalar (APECIH), se juntaram em um debate do mesmo tema.

Ainda dá tempo de você participar da Semana da Educação na Saúde. Clique aqui e se inscreva!

Clique aqui e confira a agenda de conteúdo para esta semana.