Nilson Malta, do Hosp. Albert Einstein, foi entrevistado na Maratona de Lives SAHE’21

 Nilson Malta, do Hosp. Albert Einstein, foi entrevistado na Maratona de Lives SAHE’21

Nilson Malta, do Hosp. Albert Einstein, foi entrevistado na Maratona de Lives SAHE’21. Gerente de Automação Hospitalar no Hospital Israelita Albert Einstein, Malta foi entrevistado ontem, 28 de julho, com transmissão em tempo real pelas redes sociais do Grupo Mídia e da SAHE ’21.

A live com o farmacêutico Nilson Malta teve como tema o “Sistema Nacional de Controle de Medicamentos – Um desafio para os hospitais, mais segurança para a população”. A discussão foi conduzida por Ana Lucia Rego Fleury de Camargo, Farmacêutica-Chefe no Instituto do Coração do HC-FMUSP e presidente do comitê científico do Masterclass de Farmácia Hospitalar da SAHE ’21.

Segundo Nilson Malta, o Sistema Nacional de Controle de Medicamentos nasceu de preocupação antiga, que remonta a história de falsificação de medicamentos no país. “Hoje temos uma nova lei, de 2016, que implanta um sistema em que a Anvisa tem a capacidade de monitorar toda a movimentação de medicamentos no mercado nacional.”

Segundo Nilson Malta, do Masterclass de Farmácia Hospitalar da SAHE ’21, cada embalagem de medicamento terá visibilidade de onde se encontra, com finalidade sanitária.

Ele explicou que, antes da lei, surgiram inúmeros artifícios para se melhorar o controle dos medicamentos, uma vez que se tem uma grande preocupação com a população no uso dos medicamentos. “Lá na ponta o paciente pode receber medicamento inócuo ou com efeito tóxico, e isso tem que ser evitado”, sublinhou Nilson Malta, integrante do Masterclass de Farmácia Hospitalar da SAHE ’21.

Não bastasse apenas a falsificação, no Brasil também existe muito o problema com roubo de carga. “Em mãos erradas, esses remédios podem ser armazenados de forma inadequada. Muitas vezes são medicamentos de alto custo, que necessitam de refrigeração.”

De acordo com Nilson Malta, do comitê de Farmácia Hospitalar da SAHE ’21, quando se remove do mercado medicamentos falsos e roubados, também se impede a evasão fiscal. “Ou seja, se evita não apenas crimes contra a saúde, mas também crimes fiscais.”

Confira abaixo na íntegra a entrevista de Nilson Malta, do Hospital Albert Einstein, e integrante do comitê científico do Masterclass de Farmácia Hospitalar da SAHE ’21:

Para participar do Masterclass de Farmácia Hospitalar, bem como de outros eventos da SAHE ’21, não deixe de adquirir o seu passaporte.

ADQUIRA SEU PASSAPORTE PARA A NOVA SAHE ’21

SERVIÇO:

Evento: SAHE 2021 – South America Health Education
Tema: “Lidere a Transformação”
Local: Centro de Eventos Anhembi – São Paulo (SP)
Data: 26 a 28 de janeiro de 2021
Contato: (16) 3913-9800/ eventos@sahe.com.br
Mais informaçõeswww.sahe.com.br

Embaixadores da SAHE ’21: – Valdir Ventura, CEO e presidente do Grupo São Cristóvão Saúde, pelo estado de São Paulo; Erika Vrandecic, diretora do Biocor Instituto, representando Minas Gerais; e Ricardo Valentim, coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN (Lais), pelo Rio Grande do Norte.

#Sahe2021#GrupoMidia#LidereATransformacao#HospitalAlbertEinstein; #FarmaciaHospitalar #NilsonMalta; #HCFMUSP